Mário Cordeiro

 

Tiques & Manias

Escrito por Texto: Mário Cordeiro, pediatra / Ilustração: Natalina Coias Sexta, 14 Setembro 2012 | Visto - 41741

Mário Cordeiro explica como os pais podem ajudar.


 

As linhas de alta tensão e a saúde das crianças

Escrito por Mário Cordeiro Quarta, 21 Março 2012 | Visto - 14521

Há alguns dias, uns pais pediram-me a opinião sobre a compra de uma casa, com excelentes condições, mas que estava debaixo de uma linha de alta tensão. Estavam em dúvida – gostavam da casa mas a linha gerava inquietação. Não existem certezas, mas há que pensar um pouco no problema. Aproveito para partilhar convosco algumas destas reflexões.


   

O meu Pai faria 100 anos!

Escrito por Mário Cordeiro Quinta, 08 Março 2012 | Visto - 13195

Carta de Mário Cordeiro ao seu pai.


   

O meu filho é gay

Escrito por Mário Cordeiro Sexta, 20 Janeiro 2012 | Visto - 12157


Aceitação e apoio são fundamentais.


   

A linguagem e a criança

Escrito por Mário Cordeiro Segunda, 28 Novembro 2011 | Visto - 29918

Os bebés começam a falar ao seu ritmo


   

Saídas à noite

Escrito por Mário Cordeiro Segunda, 07 Novembro 2011 | Visto - 10324

Mário Cordeiro ajuda pais e filhos a perceberem os adolescentes.


   

Cuidado com as intoxicações

Escrito por Mário Cordeiro, pediatra Sexta, 15 Julho 2011 | Visto - 11822

O tempo quente é um factor de risco para as gastroenterites.


   

Os bebés podem ir à praia?

Escrito por Mário Cordeiro, pediatra Quarta, 13 Julho 2011 | Visto - 120630

O pediatra Mário Cordeiro defende que sim, mas deixa alguns avisos.


   

Livros desde o berço

Escrito por Mário Cordeiro Sexta, 20 Maio 2011 | Visto - 9054

O livro deve ser um elemento no imaginário e na vida da criança, desde os livros com que brinca no banho, até aos que vê nas estantes de casa. E o respeito pelo livro deve ser um dos valores veiculados pelos pais.


   

Página 4 de 6

Editorial.

editorial-319

alt

Vamos para a rua!

O recado ficou na porta do quarto: “Não me acordem. Deitei-me tarde e gosto de dormir de...

Consultório

 "O meu filho, que fez recentemente quatro anos, vive intensamente esta altura do ano. Ainda acredita no Pai Natal e acha que é ele quem lhe traz as prendas. Ainda...

Leia Mais